Associação dos

A

JOR

B
*Desde 1.971*

Jornais e revistas de

Bairro de S. Paulo

Rua Major Diogo, 622 - CEP:01324-000- Telefone e fax:3242-0270. São Paulo/SP-Brasil

Email: Fale com o presidente da Ajorb  /SITE: http://www.ajorb.com.br/  - CGC:051.750.958/0001-30 - Fundada em 28/abril/1.971

Presidente: Egydio Coelho da Silva

(Fotos do presidente)

 

 Entrevista com o Presidente da AJORB em 31 de março de 2012
Entrevista com o Presidente da AJORB
Nome: Bárbara de Oliveira
Cidade: São Paulo. Estado: SP. País: Brasil.
 

Bárbara:
Sr. Presidente da Ajorb Egydio Coelho da Silva, Primeiramente eu preciso do seu nome e um sobrenome de sua preferência, da sua profissão, idade e cidade onde mora para colocar na matéria se for publicada no Jornal Acontece da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Egydio: Meu nome é esse mesmo. Jornalista, 77 anos e moro em São Paulo.
Bárbara:
As perguntas da entrevista que gostaria de realizar com o senhor sobre a minha matéria "Informação mais acessível à população de São Paulo",  são:

Bárbara:
Quais são as pessoas que fundaram a Associação dos Jornais e Revistas de Bairro de São Paulo?
Egydio:
Favor acessar as páginas
http://www.ajorb.com.br/aj-ata-fundacao-1971.htm e http://www.ajorb.com.br/aj-aniversario.htm

Bárbara:  
Qual foi o motivo inicial que levou o(s) fundador(es) a fundar esta associação?

Egydio:

Favor acessar a página  http://www.ajorb.com.br/aj-aniversario.htm

Bárbara:
A população costuma ler frequentemente jornais de revistas de bairro?

Egydio:
 Sim, os moradores do bairro, onde circula o jornal tem muito interesse em leem o jornal inteiro, inclusive os anúncios. Sabe-se que a notícia, quando informa fatos próximos ao leitor, lhe desperta mas interesse. Daí a existência de mais de 200 jornais de bairro circulando em São Paulo.

Bárbara:

A população dá muitas ideias, sugestões e críticas aos jornais e revistas de bairro ou não?
Egydio:
Sim. Eu, por exemplo, mantenho há anos em todas as edições do Jornal da Bela Vista uma coluna denominada "Fórum de moradores e sobre história do Bixiga". Trata-se de meia página do jornal, na qual praticamente são só moradores que escrevem. 

Bárbara:

O senhor e/ou a Associação acreditam que a informação está ficando cada vez mais acessível para a população ou não?

Egydio:
Entendo que as pessoas estão se informando mais, seja pelos telejornais, seja pelo rádio e principalmente há interesse muito grande nos jornais impressos. Diferente do que previu Bil Gates os jornais impressos continuam circulando e aumentando suas tiragens. Exemplo, são jornais diários que são distribuídos gratuitamente à população. São editados por empresas multinacionais, que optaram investir no veículo impresso, em vez de fazê-lo na Internet ou outro meio de comunicação. Não os considero concorrentes dos grandes jornais diários, vendidos em bancas ou por assinatura.
Ao contrário,
estes veículos inclusive ajudam a criar o hábito da leitura no povo, pois, como os jornais de bairro são distribuídos gratuitamente.
Bárbara:

Se sim, vocês acreditam que estas formas de propagar informação são importantes no cotidiano da população?

Egydio:
No dia a dia, a informação é sempre importante, desde o clima, os meios de transporte até indicação de opções profissionais e formação de opinião política, opções de lazer no seu bairro, compras, etc. Os jornais de bairro são, na maioria das vezes, a única opção que o morador do bairro tem para se inteirar do que acontece a seu redor. A grande imprensa não consegue atender esta necessidade do leitor.

Bárbara:
O senhor e/ou a Associação acreditam que a informação em geral, é importante?

Sim, as pessoas bem informadas têm mais possibilidade de ter sucesso e atingir a seus objetivos.
 

Pagina principal

Volta ao índice de entrevistas do presidente da Ajorb

 

“Se tivesse que decidir se devemos ter governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último” (Thomas Jefferson).

Clique aqui para ver mais pensamentos e máximas sobre liberdade de imprensa

* Se você se sentir prejudicado com qualquer notícia aqui divulgada eB quiser se utilizar do direito de resposta, favor enviar email de volta, que a sua opinião será divulgada com o mesmo destaque .

 

Máximas sobre liberdade de imprensa e livre manifestação do pensamento:

 

*“Se tivesse que decidir se devemos ter governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último” (Thomas Jefferson).

 

* “A imprensa, numa vigorosa prestação de serviço, será a memória da cidadania contra o corporativismo de interesses menores, quer no Executivo, Legislativo e Judiciário” (Carlos Alberto Di Franco).

 

“Que o bem da liberdade segue imediatamente os bens da vida e da integridade física, demonstra-se facilmente, pois, a liberdade foi sempre constantemente um dos mais altos fins dos esforços e das aspirações humanas” (Adriano de Cupis).

 

* “Libertas omnibus rebus favorabilior est” ( “Em todos os casos a liberdade é mais favorável”), Brocardo Romano.

 

* “ A imprensa é um dos meios mais importantes de crítica e controle público permanente” (Konrad Hesse)

 

* “A imprensa livre é o olhar onipotente do povo” (Karl Marx).

 

* “A imprensa livre é o espelho intelectual no qual o povo se vê e a visão a si mesmo é a primeira condição da sabedoria” (Karl Marx).

 

“Nossa Constituição Federal (1988) protege, de maneira veemente, o direito de informar, o direito de se informar e o direito de ser informado” (Oduvaldo Donnini, autor do livro “Imprensa livre, dano moral e dano à imagem...pág.206)

 

* “A medida que a comunicação se torna maior e melhor, fica claro que a intolerância é a verdadeira pequenez do homem”, Spielberg

 

* "Toda pessoa tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferências, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e idéias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras" (o artigo XIX da Declaração Universal dos Direitos Humanos-ONU, 10-12-1.948).


"Creio na imprensa sem restrições, porque creio no poder da razão e da verdade".

Rui Barbosa

 

"Infringem a  ética:

o juiz que não julga, 

o promotor que  não denuncia, 

o advogado que não defende, 

o jornalista que não noticia o que sabe ou 

não escreve o que pensa".

Zuel Antônio Costela

 

"Não concordo com uma só palavra do que dizes, mas defenderei até a morte o teu direito de dizê-la".  Voltaire

 

Indenização, em dinheiro, por dano moral somente indeniza a moral de quem não tem moral.

Medeiros de Abreu

 

 

 

Os incisos do artigo 5o. da Constituição abaixo só não garantem a liberdade de imprensa, porque foram "esquecidos" pelos que julgam ações contra a liberdade de imprensa:

 

* "IV - É livre a manifestação de pensamento, sendo vedado o anonimato";

 

* "V - É assegurado o direito de resposta, proporcional ao agravo...";

 

* "IX - É livre a atividade...de comunicação, independentemente de censura e licença";

 

* "XIV - É assegurado a todos o acesso à informação e resguardado o sigilo da fonte, quando necessário ao exercício profissional".