FÓRUM DE IMPRENSA, mensagens por email

Escolha o assunto: leia e participe enviando sua mensagem. Não importa sua profissão, grau de instrução, nacionalidade, etc.

Coordenador: Egydio Coelho da Silva

(Em elaboração iniciada em 05-01-2001)

Ultima alteração: 26-05-2005

 

FÓRUM DA IMPRENSA: 21 DE OUTUBRO DE 2003

De: Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina

Cidade: Florianópolis - Estado: SC - País: Brasil

Para: Fórum de imprensa


CARTA ABERTA À POPULAÇÃO

Na semana passada, a sociedade catarinense se surpreendeu com uma prática que julgava extinta desde os tempos de exceção: o cerceamento da liberdade de expressão nos meios de comunicação. O jornalista Claudio Prisco Paraíso foi dispensado pelas cúpulas do jornal O Estado e do SBT-SC dos serviços que prestava como colunista e apresentador de TV. O motivo alegado pelas empresas: confrontação com as linhas editoriais daqueles veículos. A "confrontação" entende-se como o exercício do senso crítico e independente em relação à política catarinense no trabalho do jornalista.
Desde que o jornalismo se constituiu como uma dimensão influente nas sociedades contemporâneas, os jornalistas têm se pautado pelo que se convencionou chamar "dever de informar". Do outro lado, o público tem o direito de ser informado, tem o direito de saber. O princípio da liberdade de imprensa deve garantir o bom andamento dessas relações, deve assegurar as condições para um processo de comunicação comprometido com os interesses e anseios da sociedade. A liberdade de imprensa é pedra de toque nas democracias modernas. É este valor que permite que os jornalistas fiscalizem os poderes, denunciem desmandos, revelem a opressão, a tortura e as violações dos direitos do cidadão.
Infelizmente, nem sempre este valor fundamental é respeitado. Detentoras do poder da mídia, algumas empresas de comunicação julgam-se proprietárias não apenas da informação que difundem, mas também das consciências dos jornalistas que empregam. Com isso, cometem dois crimes: apropriam-se da informação - um bem público -, tratando-a como mera mercadoria, e transformam o profissional num simples joguete de seus interesses. São delitos contra a sociedade e contra o cidadão.
O Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina teme pela abertura de tão grave precedente. A sociedade brasileira caminha firme na consolidação do estado democrático de direito e violações à liberdade de imprensa não atingem apenas os profissionais de comunicação, mas toda a população. O exercício da crítica é imprescindível para o jornalismo, tal como o senso de equilíbrio deve pertencer à justiça. Jornalistas precisam relatar os fatos, analisar conjunturas e dividi-los com o público. A liberdade de imprensa não deve se configurar apenas como liberdade das empresas de comunicação. É em nome da informação ética, responsável e correta que o jornalista trabalha, e a liberdade de manifestação de pensamento e expressão consta não apenas de dispositivos legais como também de um projeto de sociedade democrática.
O Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina espera que práticas de cerceamento da liberdade de imprensa não se tornem correntes no Estado, e que o cidadão possa continuar confiando nas instituições e na imprensa.
Florianópolis, 21 de Outubro de 2003.
SINDICATO DOS JORNALISTAS DE SANTA CA

Infelizmente o Sindicato não apresentou a versão das empresas. 

Fica a dúvida se a censura ao jornalista pela direção das empresas não foi motivada pela autocensura, que praticamente tirou toda a responsabilidade, por delito tanto civil como criminal, do jornalista e transferiu às empresas. 

O jornalista profissional ficou sem responsabilidade, mas perdeu totalmente a liberdade.

É pena, pois, a Lei de Imprensa na parte de crime de imprensa responsabiliza o autor do escrito ou da opinião. 

Hoje as pessoas de pouca moral querem ganhar dinheiro em nome das imorais indenizações por dano moral. E dinheiro não indeniza moral de quem tem moral. Se tivessem moral, acionariam o autor da difamação, da calúnia.

Egydio Coelho da Silva, coordenador do fórum de imprensa

 

FÓRUM DA IMPRENSA: 13 DE NOVEMBRO DE 2003

De: Samoel Balbino de Melo

Cidade: Arapiraca - Estado: AL - País: Brasil

Para: Fórum de imprensa

 

Não vejo nenhum jornalista com liberdade no Brasil. Quando o Estado não proíbe alguma coisa, a própria empresa divulgadora proíbe. Portanto, critica-se muito quando alguma autoridade diz não para algo a ser divulgado. No entanto, muitos sãos os diretores que proíbem com todas as letras a divulgação de notícias, simplesmente, pelo fato de atingir a determinados governos ou empresários que são seus amigo. 

Liberdade de imprensa no Brasil, somente daqui a mais 500 anos.

Samoel,

O pior é que você está certo. Tudo se proíbe na imprensa: é promotor que se esmera em denunciar crime de opinião, é criminoso menor, que tem direito de matar quem quiser e a sociedade não pode sequer saber seu nome, porque a imprensa é proibida de publicar. 

A autocensura, a pior de todas as censuras, imposta pelas imorais indenizações por danos morais; a fraqueza econômica das empresas que as leva a censurar seus profissionais, etc.etc.etc.

Mas este fórum foi criado por isso, para, pelo menos, podermos "espernear".

Abraços e grato pela participação.

Egydio Coelho da Silva

 

 

= FIM DOS TEXTOS =

 

Página inicial da Ajorb

Página inicial do Fórum  de imprensa

 

 “Se tivesse que decidir se devemos ter governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último”. Thomas Jefferson, (1743 - 1826), estadista  e ex-presidente dos EUA.

Clique aqui para ver mais pensamentos e máximas sobre liberdade de imprensa

 

* "O resto do mundo é mero aprendiz do Brasil em matéria de concentração da propriedade da mídia". Fernão Lara Mesquita, jornalista.
"Falta de ética é não publicar notícia relevante". Thélio Magalhães, jornalista.  

*“Se tivesse que decidir se devemos ter governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último” Thomas Jefferson, (1743 - 1826), estadista norte-americano e ex-presidente dos EUA.

* “A imprensa, numa vigorosa prestação de serviço, será a memória da cidadania contra o corporativismo de interesses menores, quer no Executivo, Legislativo e Judiciário” (Carlos Alberto Di Franco).

*  “Que o bem da liberdade segue imediatamente os bens da vida e da integridade física, demonstra-se facilmente, pois, a liberdade foi sempre constantemente um dos mais altos fins dos esforços e das aspirações humanas” (Adriano de Cupis).

* “Libertas omnibus rebus favorabilior est” ( “Em todos os casos a liberdade é mais favorável”), Brocardo Romano.

* “ A imprensa é um dos meios mais importantes de crítica e controle público permanente” (Konrad Hesse)
* “A imprensa livre é o espelho intelectual no qual o povo se vê e a visão a si mesmo é a primeira condição da sabedoria” (Karl Marx).
*  “Nossa Constituição Federal (1988) protege, de maneira veemente, o direito de informar, o direito de se informar e o direito de ser informado” (Oduvaldo Donnini, autor do livro “Imprensa livre, dano moral e dano à imagem...pág.206)
* “A medida que a comunicação se torna maior e melhor, fica claro que a intolerância é a verdadeira pequenez do homem”, Spielberg
* "Toda pessoa tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferências, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e idéias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras" (o artigo XIX da Declaração Universal dos Direitos Humanos-ONU, 10-12-1.948).

* "A imprensa livre desempenha papel fundamental contra abusos do poder do governo". Roberto W. Sweet, juiz norte-americano (em decisão sobre sigilo da fonte).

"Creio na imprensa sem restrições, porque creio no poder da razão e da verdade".

Rui Barbosa, escritor e político brasileiro.

* "Infringem a  ética:

o juiz que não julga, 

o promotor que  não denuncia, 

o advogado que não defende, 

o jornalista que não noticia o que sabe ou 

não escreve o que pensa".

Medeiros de Abreu, jornalista.


* “A imprensa livre é o olhar onipotente do povo” (Karl Marx).

"Não concordo com uma só palavra do que dizes, mas defenderei até a morte o teu direito de dizê-la".  Voltaire
* "Indenização, em dinheiro, por dano moral somente indeniza a moral de quem não tem moral". Zuel Antônio Costela, jornalista.
*“O interesse coletivo deve prevalecer em relação ao particular”. Ministros Marco Aurélio e Gilmar Mendes em decisão sobre crime de imprensa.
* A sociedade deveria entender que quem quer penalizar o direito de opinar, de se informar ou de pensar é que deveria ser penalizado". Medeiros de Abreu
* "O segredo é aliado da corrupção". Ministro Waldir Pires
* "Julgar idéias é uma das mais infelizes invenções da humanidade."
Jornalista Audálio Dantas
* "Não há pessoas nem sociedades livres, sem liberdade de expressão e de imprensa". (Declaração de Chapultepec sobre liberdade de expressão)

* "Limitar a liberdade de expressão, sob qualquer forma que seja, revela incompatibilidade com a democracia".
Rodrigo Pinho, procurador geral de Justiça do Estado de São Paulo

* "O sigilo da fonte garante a revelação de atividades ilegais". Judith Miller, repórter do New York Times.
*  Código de ética de jornalista deveria ter apenas dois artigos:
1.º - Noticiar tudo o que sabe.
2.º - Expressar tudo o que pensa".
Zuel Antônio Costela, jornalista. 

* “Indenizações milionárias inibem a imprensa livre" Nelson Sirotsky, presidente da Associação Nacional de Jornais-ANJ
* "Político diz o que pode. Intelectual diz o que pensa". Maria Victória Benevides, socióloga.
 * "Cabe à imprensa o democrático dever/direito de informar e de criticar os fatos".  Carlos D.V. Rodrigues, juiz de direito ao decidir ação por danos morais.
*  A busca da verdade é a meta principal da imprensa". Rui Barbosa 


* "O destino da imprensa depende mais da capacidade (opinativa) de complementar a informação". Ruy Mesquita, jornalista.

* Sempre respeitei o direito de cada pessoa dizer o que pensa". Domingos Franciulli Neto, ministro do STJ

* "Graças à imprensa a atenção do mundo se fixou no Vaticano, ao se findar a vida terrena de João Paulo II e na eleição de seu sucessor". Papa Bento XVI.

* "Dei minha opinião. Sou jornalista". Jorge Kajuru, jornalista.

* "Qualquer manifestação, que tenha "perfume" de censura, preocupa. Não é contribuição para a democracia". 
Flávio D´Urso, presidente da OAB-SP.

* "Indenização justa deve ter um sentido essencialmente simbólico de reparação de um agravo moral". José Genuíno, político brasileiro.

* "Não produzimos os fatos. Eles acontecem". 
`
Slogan´ da Rádio Difusora de Assis-SP.

* "Uma sociedade constrói-se pela pluralidade de pensamento e ideais, que nela se expressam". Rita de Cássia Vieira, mestrando em direito (USP).

* "Liberdade de pensamento: direito de cada indivíduo de manifestar suas opiniões e crenças". Enciclopédia Brasileira Mérito (1.963)

 

Os incisos do artigo 5o. da Constituição abaixo só não garantem a liberdade de imprensa, porque foram "esquecidos" pelos que julgam ações contra a liberdade de imprensa:
* "IV - É livre a manifestação de pensamento, sendo vedado o anonimato";

* "V - É assegurado o direito de resposta, proporcional ao agravo...";

* "IX - É livre a atividade...de comunicação, independentemente de censura e licença";

* "XIV - É assegurado a todos o acesso à informação e resguardado o sigilo da fonte, quando necessário ao exercício profissional".

 

  = FIM DOS TEXTOS =

·                     Participe e/ou fale conosco

Se preferir clique aqui e envie email para o coordenador do Fórum de imprensa

 

O objetivo primordial desde fórum é: 

 

01) Trocar informações, idéias e opiniões sobre assunto que diz respeito as leis que restringem a liberdade de imprensa;

 

02) Buscar aperfeiçoamento das Leis, que penalizam o crime de imprensa, sem criar co-responsabilidade e estimular a auto-censura, a pior de todas as censuras.

 

03) Combater as imorais indenizações por danos morais.

 

04) Buscar normas que façam com o assunto, que se iniciou na imprensa, termine na imprensa, privilegiando a informação à sociedade e não no silêncio dos tribunais enriquecendo indivíduos.

 

 Para se cadastrar e receber as mensagens gratuitamente ou participar deste fórum, envie email para:  Egydio Coelho da Silva   

email:  

vtmv@monteverdemg.

com.br 

 

 Se você se sentir prejudicado com qualquer notícia aqui divulgada e quiser se utilizar do direito de resposta, favor enviar email de volta, que a sua opinião será divulgada com o mesmo destaque e enviada para as mesmas pessoas que receberam esta mensagem.

 

* Mensagens do período de novembro a dezembro de 2.001  

 

Empresa, que patrocina e torna possível esta página na internet.


Em Monte Verde:


MONTE VERDE-MG